11.8.17

TALVEZ UM DIA




Talvez um dia se possa dizer
que a minha poesia

não é mais que a sorte de uma hora
somada ao acaso da palavra suprema.

Ou para melhor dizer

não é mais que a surpresa musical
da alma que se põe a falar.

J. Alberto de Oliveira