23.3.17

A SEDA MUSICAL DE CHOPIN







Ressoa em sopro e silêncio a imagem
da mulher que se move na lembrança.

Com arte e luz de flor subtil
a mulher resume um livro difícil.

Com razão e sequências da alma
o ar começa por um fio de seda musical
                                  
a entretecer os nocturnos de Chopin.

J. Alberto de Oliveira

Imagem - Eugène Delacroix: Retrato de F. Chopin e George Sand

20.3.17

SUPER FŒTIDA FLUMINA




Pairar acima das fétidas águas
da morte.

Oh, os rios malcheirosos!

Nauseabundas correm as águas
insanas dos rios gerais.

Oh, os rios tristes da mixórdia.

J. Alberto de Oliveira