19.3.11

FLUIR EM FLOR





Tangíveis eram os versos
que o vento nos trazia.

Ouvíamos no sopro
matinal da primavera

os nomes
e a alegria das raparigas

a fluir em flor.

J. Alberto de Oliveira