27.4.15

POR ESTES DIAS



Por estes dias últimos do mês abril, 
parei à porta da minha primeira escola.
Semelhante a qualquer errante, estanquei ali uns minutos a falar
com algumas das minhas lembranças.
Em abono da verdade que me alumia, depressa desci ao roseiral
mais próximo e roubei três rosas,
isto é, as três razões de uma vocação inteira.
Com três rosas, eu sabia que haveria de selar
o vetusto e firme degrau da porta da minha primeira escola.

J. Alberto de Oliveira