25.1.15

NA MINHA MÃO ESQUERDA



Na minha mão esquerda
há um sopro em chamas.

Na minha mão esquerda 
uma pedra em rodopio
                         
outras pedras chama.

Com a mão esquerda
aprendo a partir a noite

nos vidros da tua casa
de altas janelas ao luar.

J. Alberto de Oliveira