12.4.09

MULHER E POEMA





Com sete desejos de beber
o azul perfeito do mundo.

Com sete gotas
de puríssimo orvalho.

Com a lídima a pronúncia
das águas mais vivas

a aura do poema começa.

Todas as frases
têm a sua regra e princípio

no ser do mar e da mulher.

J. Alberto de Oliveira